23.9 C
Jacobina do Piauí
24 de abril de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeralNordeste em FocoPolícia

Crianças ficam na linha de tiro em assalto a posto de combustível; motorista preso no porta-malas

Uma das vítimas se abrigou atrás da bomba e os tiros quase atingiram o dispositivo - Foto: Adriana Magalhães / Cidadeverde.com

As câmeras de segurança de um posto de combustível registraram um arrastão que deixou três crianças na linha de tiros dos criminosos. O carro utilizado por eles era roubado de um motorista de aplicativo, que no momento do assalto estava preso no porta-malas do veículo.

O grupo chegou ao posto de combustível localizado na Avenida Barão de Gurgueia por volta das 22h20, na última quarta-feira (06). No momento estava acontecendo a troca de turno de funcionários.

“Eram umas quatro ou cinco pessoas. Eles chegaram e abasteceram o carro e pagaram o abastecimento. Eles estavam num carro prata, estacionaram ali perto do compressor e desceram do veículo. Caminharam pelo posto e só então anunciaram o assalto”, disse uma fonte que não quis se identificar.

No momento do crime, dois frentistas trabalhavam no local. Eles foram rendidos e tiveram dinheiro e celulares roubados. Os dois foram amarrados e trancados na área interna do posto. Além dos funcionários, três crianças também estava no posto.

“Eles costumam vir aqui sempre, moram aqui perto e vem comprar refrigerante e salgadinho”, disse.

Além deles, trabalhadores de um call center que funciona próximo ao local estavam aguardando o transporte, que os leva para casa todos os dias.

“O rapaz da empresa ali não quis entregar o celular e correu, foi aí que eles começaram a atirar. Graças a Deus ninguém foi atingido”, relembra.

As marcas dos tiros ficaram no posto. Dois deles atingiram a base de uma das bombas.

“Pegou muito perto da bomba, mais um pouco e podia ter acontecido um acidente grave”, afirmou.

O grupo fugiu do posto levando dinheiro, celulares e ainda produtos da conveniência do posto, como salgadinhos e cigarros.

Depois do crime, a Polícia Militar iniciou diligência e identificou que o carro usado pelos criminosos foi tomado por eles de assalto e, que o proprietário do veículo estava preso no porta-malas.

“Recebemos informes da Polícia Militar de que um suspeito foi preso e levado à Central de Flagrantes. A PM também informou que o proprietário do veículo foi encontrado preso no porta-malas do carro, era um motorista de aplicativo”, disse Hilton Barbosa, investigador da Polícia Civil.

As investigações estão em andamento para tentar identificar e prender os demais suspeitos do crime.

“É questão de honra da Polícia Civil prender esses criminosos audaciosos que fizeram esse arrastão aqui”, finalizou o policial.

Por Adriana Magalhães / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais