22.4 C
Jacobina do Piauí
28 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
Curral Novo do PiauíDestaqueGeral

CMDCA de Curral Novo do Piauí realiza solenidade de posse de novos conselheiros. Veja fotos!

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), com o apoio da Prefeitura de Curral Novo do Piauí e através da Secretaria de Assistência Social, realizou nesta quarta-feira (10) a solenidade de posse dos Conselheiros Tutelares para o período de 2024 a 2028.

O Conselho Tutelar é composto por cinco membros titulares, eleitos pela comunidade através do Processo Eleitoral Unificado. O órgão é responsável por garantir o bem estar das crianças e adolescentes, bem como proporcionar a satisfação dos direitos reservados ao público.

Presente na solenidade de posse, o prefeito Júnior de Abel parabenizou os profissionais pela conquista, destacando o compromisso e responsabilidade que o cargo exige. O gestor aproveitou ainda para aconselhar os presentes, afirmando que é necessário agir como uma boa autoridade.

“Parabéns pela conquista, sei que o serviço de vocês não é fácil. Eu sei que a vida particular não pertence a ninguém, mas nós somos autoridades, então se reservem mais”, afirmou o prefeito.

A secretária de assistência social, Nalva, agradeceu a todos os presentes na solenidade e todos que contribuem para que o Conselho seja referência em um bom trabalho desempenhado. De acordo com a secretária, é necessário possuir duas qualidades: sabedoria e discernimento.

“Agradeço a todas as secretarias. Desejo que, a partir de hoje, vocês [conselheiros eleitos] possam estar somando, pautados na sabedoria e discernimento. Agradeço por essa gestão brilhante de Curral Novo do Piauí”, frisou.

A conselheira Maria Jucelma, mais conhecida como Celma, ressaltou o que espera da administração em 2024, projetando mais avanços e melhorias para que o município siga em pleno desenvolvimento na área social.

“A expectativa para esse ano de 2024 à frente desse cargo, esse trabalho bem delicado, onde nós somos luz para nossas crianças, é de que venha promover formações participativas e continue em parceria com a gestão, bem como com todos os órgãos, para que nossas crianças e adolescentes tenham os seus direitos respeitados”, completou

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais