18 de abril de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeralPolítica

Ciro Nogueira diz que pode ser candidato a governador do Piauí em 2026

Foto: Roberto Araujo / Cidadeverde.com

O senador Ciro Nogueira (Progressistas) citou que pretende participar de uma disputa majoritária nas eleições de 2026. Ele disse que apresenta o nome para uma possível chapa presidencial no cargo de vice representando a direita e os aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro, mas que pode ser candidato à reeleição para o Senado ou para o cargo de governador do Piauí.

“Meu nome está colocado, se fala muito de ser candidato a vice-presidente nessa chapa, mas vice-presidência não é uma coisa que eu seja candidato, isso tem que ser esse grupo de pessoas que reconheça o valor de um político do Nordeste, do Piauí. Se isso acontecer, ficaria muito honrado e darei tudo de mim. Se não, acho que o natural é eu disputar ou o mandato de senador ou de governador do Estado do Piauí”, disse.

Pré-campanha de Sílvio Mendes

O senador, que é um dos principais fiadores da campanha do ex-prefeito Sílvio Mendes (União Brasil) ao Palácio da Cidade, defendeu que o pré-candidato não precisa ter alinhamento a nenhum outro político ou partido.

“Nós não precisamos ter alinhamento, ter um puxadinho do Palácio de Karnak, nós precisamos é ter um grande gestor, isso o teresinense sabe que o Sílvio é (…) As pessoas hoje estão, as pesquisas dizem, que as pessoas estão com vontade de ter de volta o orgulho de ter um grande prefeito, um grande gestor, uma pessoa que cuida das pessoas, da população, e isso é a expressão e aquilo que o Sílvio se tornou durante toda a vida”, disse.

Eleições no interior

O senador, que participou nesta segunda (1º) de atos de filiação de pré-candidatos em Picos e em Teresina, falou sobre eventuais alianças do Progressistas com o PT, partido de campo oposto politicamente. De acordo com ele, os filiados têm direito a decidir a depender do contexto de cada município, mas que, por ele, esses alinhamentos não ocorreriam.

“Dependendo de mim, não, mas é preciso respeitar a realidade de cada cidade, as decisões dos Progressistas e a gente espera que isso seja acolhido pela população, mas se dependesse de mim, não me aliaria ao PT em lugar nenhum”, citou.

Por Roberto Araújo – Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais