28.1 C
Jacobina do Piauí
27 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
DestaqueGeralNordeste em FocoPiauí

Campanha irá sinalizar áreas de banho para evitar afogamentos no Piauí

A Defesa Civil do Piauí, em parceria com outros órgãos, está elaborando a campanha “Banho Seguro” para evitar afogamentos em áreas de banho no estado. Em entrevista ao Notícia da Manhã, o diretor de Prevenção e Mitigação da Defesa Civil, Werton Costa, destacou que esses locais serão sinalizados com informações importantes, como profundidade e riscos de deslizamento.

“O banhista vai saber que aquela área, por exemplo, uma cachoeira tem risco de deslizamento, ela tem pedras deslizantes, áreas de profundidade mais acentuada. Então, essa sinalização é fundamental para orientar, por exemplo, quem não conhece a área. Claro que a recomendação é que, ao frequentar uma área de banho, vá somente acompanhado de um guia”, destacou.

Na segunda-feira (29), uma reunião foi realizada com representantes da Secretaria de Turismo do Piauí (SETUR), Coordenadoria de Comunicação Social (CCom), Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí, Polícia Militar e Sindicato dos Guias de Turismo, para alinhar as diretrizes da campanha.

“Nós percebemos que há um grande crescimento do número de afogamentos principalmente nas áreas mais procuradas, o rio Parnaíba, as nossas barragens e até algumas cachoeiras. A Defesa Civil estava fazendo um mapeamento de risco e desse mapeamento surgiu a diretriz da campanha”, explicou Werton Costa.

Além da sinalização, a campanha também tem o intuito de conscientizar banhistas sobre os riscos de afogamentos em rios, lagoas, balneários, cachoeiras e açudes, bem como as medidas para prevenir e evitar essas ocorrências.

“A gente está lançando uma empreitada grande com várias secretarias, mas que a pedra angular dessa ação é a sociedade, a participação da sociedade, do agente privado, do guia turístico, do trilheiro. É uma campanha que partiu de uma constatação não muito boa, a de que nós temos um alto índice de mortes por afogamento, tanto nesse período chuvoso, porém o maior volume acontece justamente no pós-chuva, quando as águas estão mais tranquilas”, acrescentou o diretor.

Para o Coronel José Veloso, do Corpo de Bombeiros, entre os objetivos da campanha está reduzir as estatísticas de casos de vítimas de afogamento em áreas de banho no estado.

“Precisamos trabalhar para reduzir ao máximo essas ocorrências. Trabalharemos em conjunto e com a população em geral no sentido de informar sobre os riscos e como as pessoas podem se prevenir e se divertir sem acidentes”, pontua.

Por Rebeca Lima e Gorete Santos (TV Cidade Verde)  

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais