27.3 C
Jacobina do Piauí
26 de fevereiro de 2024
Cidades em Foco
ConcursosGeral

Presidente do TJ-PI abre ano judiciário e confirma concurso para juízes e servidores

O Tribunal de Justiça do Piauí abriu nesta quinta-feira (22) o ano judiciário no Estado. Na volta do recesso, o presidente do TJ-PI, desembargador Raimundo Eufrásio, destacou o aumento do orçamento e estabeleceu como meta melhorar a estrutura do Poder Judiciário local.

 

Para reforçar a estrutura física e de pessoal, Eufrásio lembrou que o TJ-PI realizará em 2015 concurso público para a contratação de 25 juízes e 300 servidores. O edital do concurso ainda está em fase de elaboração e não tem data para ser divilgado.

 

“Tivemos um acréscimo no orçamento. Eram R$ 29 milhões e agora R$ 50 milhões. O ideal seriam R$ 480 milhões para contemplar todas as necessidades. (…) Faremos concurso para juízes e servidores. Precisamos de 60 juízes, mas só poderemos contratar 25”, declarou o presidente do TJ-PI.

 

Apesar do reforço no orçamento, o Poder Judiciário no Piauí tem 47 unidades sem juízes. Ao todo, isso compromete o trabalho em 19 comarcas. Para tentar amenizar o problema, além da contratação dos 25 juízes, o TJ-PI tem um plano de reforma física dos prédios. “Grande parte dos recursos para essas obras já está assegurado”, acrescentou Eufrásio.

 

O desembargador Sebastião Ribeiro Martins, corregedor-geral de Justiça, destacou outra prioridade para o ano: a informatização do Tribunal de Justiça. Ele estabeleceu esta como principal meta para 2015. “Vários estados já têm os seus sistemas informatizados. E o Piauí ainda vai iniciar esse processo. Precisamos investir em equipamentos para isso. Já estamos atrasados em relação as metas do Conselho Nacional de Justiça”, afirmou.

 

Estiveram presentes o secretário estadual de Governo, Merlong Solano, o presidente da Câmara Municipal de Teresina, Luiz Lobão (PMDB), e outras autoridades.

 

 

 

Fonte: Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais