25 C
Jacobina do Piauí
21 de maio de 2024
Cidades em Foco
Caridade do PiauíDestaqueGeralMunicípios

Prefeito de Caridade divulga nota de esclarecimento e afirma que município não negou ambulância

O prefeito do município de Caridade do Piauí, José Lopes Filho, o Zezinho (PTB), divulgou nesta quinta-feira (26) uma Nota de Esclarecimento a respeito da denúncia feita pelo pedreiro Reinaldo de Araújo Mendes, acusando o município de negar a ambulância para socorrer sua irmã, que havia sofrido um acidente de bicicleta.

100_9515

Na Nota, o prefeito afirmou que a administração municipal jamais deixou e nem deixará de prestar socorro a qualquer cidadão de Caridade ou de outro município que tenham ou venham a solicitar os serviços, principalmente no que diz respeito ao usa das ambulâncias para transporte de pacientes.

No documento, o gestor relatou os casos ocorridos no dia anterior e no dia acidente com Maria Natividade de Araújo Mendes. Segundo relata o prefeito, no dia 17 de fevereiro aconteceram dois acidentes e as duas ambulâncias foram utilizadas para socorrer as vítimas. E na manhã do dia 18, aconteceu o acidente com Maria Natividade, momento em que a ambulância nova, modelo Amarok, estava em Picos com para trazer pacientes que tinham sido liberados do Hospital Regional, e a outra ambulância, modelo S-10, estava no posto de lavagem da cidade, para serem feitos os procedimentos de limpeza, após o atendimento do acidentado na noite anterior.
1621792_262740427224500_1123957152_n

Na Nota, a gestão afirma que a ambulância foi enviada para socorrer a acidentada, mas foi ignorada pelos familiares, que optaram por transportar a vítima num veículo modelo Fiat Uno, de propriedade de um vereador. Zezinho afirma, ainda, que a ambulância seguiu o veículo com a vítima até a sede do município, mas o mesmo não parou na unidade de saúde de Caridade. Pouco tempo depois, a ambulância voltou a ser solicitada pela direção do Hospital de Simões, e a gestão do município de Caridade não se negou e enviou o veículo para realizar a transferência.

 

 

 

De Picos, uma nova transferência foi solicitada pelos médicos, desta vez, para o Hospital de Urgências de Teresina. O prefeito conta que a ambulância nova já estava retornando para Caridade e foi orientada a retornar a Picos para seguir com a vítima para Teresina. Já a ambulância velha retornou para Caridade com os pacientes haviam sido liberados do Regional.

 

 

“Portanto, de forma alguma a ambulância foi negada ou o município se omitiu a cumprir com suas responsabilidades e em nenhum momento usou qualquer tipo de discriminação, seja política ou de qualquer outra forma, tratando assim todos de forma igualitária. Para o prefeito, o grupo que faz oposição política à sua gestão estaria usando essa situação trágica para denegrir a imagem da administração. Ao final, a Nota afirma que acusações infundadas foram feitas ao governo municipal e ao seu gestor que medidas serão tomadas junto a Justiça.

 

 

CLIQUE AQUI E VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA!

 

 

 

 

 

NOTÍCIA RELACIONADA
– Secretária é acusada de perseguição política e de negar ambulância a acidentada

 

 

 

 

 

 

Redação do Portal Jacobina.com, com informações Cidadesnanet

 

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais