25.9 C
Jacobina do Piauí
19 de maio de 2024
Cidades em Foco
GeralPolícia

Policiais matam dois suspeitos acusados de assassinar PM durante perseguição

O delegado William Morais, gerente de policiamento do interior, confirmou que os dois suspeitos pelo assassinato do policial militar em Luzilândia foram mortos durante perseguição.

 

Eles foram localizados em um povoado entre os municípios de Joaquim Pires e Morro do Chapéu.

 

“Eles visualizaram os policiais e atiraram contra a guarnição e foi revidado. Os feridos chegaram a ser socorridos, mas morreram”, disse William Morais.

 

O cabo da Polícia Militar, Raimundo Nonato Cunha dos Santos, conhecido como cabo Cunha, foi assassinado com cinco tiros nas costas no bairro Coroa, município de Luzilândia, a 234 km de Teresina. O crime ocorreu por volta das 19h30, desta segunda-feira (30).

 

Foram mortos na perseguição, Antonio Francisco Silva Cardoso, vulgo “knor” , de 19 anos, e Jorge Luiz da Silva Lima Costa, 17 anos. Com os mortos foram encontrados dois revolveres calibre 38 e uma moto roubada.

 

“Os dois eram comparsas e têm passagem pela polícia. Knor é acusado de atirar nas pernas do vice-prefeito de Magalhães no Maranhão há duas semanas.

 

O delegado William Morais informou ainda que o Instituto Criminalística fará perícia nas armas e o IML examinará os corpos dos mortos.

Os acusados Knor, 19 anos, e Jorge Luiz de 17 anos, que foram mortos

 

Atualizada às 13h52

Policial estava a serviço

O comandante geral da PM, Carlos Augusto Gomes de Souza, declarou que o policial Raimundo Nonato Cunha dos Santos, o Cabo Cunha, foi morto enquanto fazia um serviço reservado de levantamento de bocas de fumo. “As informações que tenho é que ele já tinha inclusive identificado um dos traficantes. Nossa principal suspeita é que foi um revide. Eles foram lá para matar, chegaram e executaram”, afirmou o comandante.

 

Ainda segundo o coronel, os jovens foram mortos porque trocaram tiros com a polícia, no momento da abordagem, após terem matado o PM. “Eles já receberam os policiais a bala e por isso foram a óbito”, disse.

 

Carlos Augusto lamentou o fato de o corpo do policial ter sido transportado de Luzilândia para Teresina na carroceria de uma picape. “Temos seis ambulâncias no Hospital da PM e temos o helicóptero”, acrescentou.

Cabo Cunha, policial que foi morto em Luzilândia

 

 

 

 

 

Fonte: Yala Sena e Jordana Cury / Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais